sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Frase do dia!


DEPOIS DE IREM AO AEROPORTO, TORCEDORES (SOFREDORES) DO LEÃO BANGUELA PROMETEM IR AGORA A RESSAQUEDA.

Boa noite a todos!

Público e renda

Segundo consta no blog do Rica Perrone, a renda bruta do Figueirense em treze jogos do Brasileirão realizados no estádio Orlando Scarpelli foi de R$2.268.110,00; enquanto que a renda líquida foi de R$1.770.271,00.

A média da renda bruta por jogo foi de R$174.470,00; já a média da renda líquida foi de R$136.174,69.

O público total de torcedores nestes treze jogos realizados no Scarpelli foi de 148.239, sendo que a média foi de 11.403 pagantes.

Dos 20 clubes que disputam a série A do Brasileirão, o Figueirense foi o clube que teve o maior líquido bruto de todas as arrecadações com 78%.

Os ingressos dos jogos no Scarpelli custam em média R$15,30; no entanto, cumpre salientar que eles não diferenciam o torcedor que compra o ingresso com o associado do clube. 

O presidente pavão do Figueirense disse certa vez num programa de rádio que a renda dos jogos realizados no Scarpelli corresponde a uma parte muito pequena no orçamento do clube. 

Será?

Parabéns, Lodetti!


Venho por meio deste parabenizar Giovanni Lodetti, que eu não sei quem é muito menos onde ele mora. Sei apenas que um dia jogou no Milan, na Sampdoria, no Foggia, no Novara e na Seleção Italiana. (Fonte)

Grande, Lodetti... Giovanni Lodetti!

Teve mais gente


A estudante Maria Fukuoka Juvenal, do curso de medicina da Universidade Federal de Santa Catarina, participou de uma promoção e acabou ganhando uma bolsa de estudos na Universidade Jack Jones de Londres, na Inglaterra.

O embarque da garota foi hoje, no exato momento em que a delegação de jogadores pernas de pau do leão banguela chegou ao Aeroporto Hercílio Luz.

Normal por se tratar obviamente de um Aeroporto, mas um fato curioso chamou a atenção de todos os presentes: O número de familiares e amigos de Maria Fukuoka era infinitamente superior ao número de torcedores (sofredores) do azulino que foram ao aeroporto "apoiar" o time do mangue.

Dizem que os funcionários e jornalistas que cobriam o AAA não ficaram surpresos com o ocorrido. Eu também não ficaria!

TIME DO MANGUE: PIADA PRA TODA A VIDA.

Ser medíocre não significa nada



Socos na mesa, gritos, berros, palavrões, xingamentos por parte do treinador; apoio dos torcedores (sofredores) no Aeroporto; crianças indo ao treino em solidariedade aos jogadores pernas de pau (apelaram); contratação de psicóloga que trabalhava no maior rival; tudo isso, ou melhor, apenas isso fará com que o leão banguela vá a Bahia e traga os três pontos na bagagem.
 
Pouco importa se o time do mangue é medonho e se do outro lado está um time que também precisa vencer, já que "incentivo" dado aos jogadores pernas de pau durante esta semana fará com que Batista faça um gol do meio da rua, Felipe não tome mais do que um gol e William Batoré marque 14 gols e vire o artilheiro isolado do Brasileirão.
 
Não sei o que é pior: a imprensa, que alimenta falsas esperanças na torcida sofredora deles, ou nos próprios torcedores (sofredores) do azulino, que geralmente acreditam no que a imprensa fala.

Tomara que o final seja o mesmo


Há treze meses foi assim que começou a bela vitória do Figueirense por 2x0 diante do Coritiba na série B do ano passado. Esperamos que neste domingo o resultado final da partida seja o mesmo.

O Figueirense precisa vencer, por isso o apoio do torcedor alvinegro será de FUNDAMENTAL importância. Portanto meus amigos, na hora que a bola começar a rolar deixem os problemas, as picuinhas, mágoas e revoltas desse ou daquele de lado e torça, apenas torça, pois os jogadores alvinegros precisarão e muito do nosso apoio.

Eu acho que o Figueirense vai meter 4x0 no Coritiba!

Piada do dia!



Time do mangue contrata psicóloga do Figueirense para oferecer ajuda e prestar serviços aos jogadores pernas de pau do seu elenco. Eles (jogadores) anda muito tristes e não aguetam mais chorar.

Não acredita? Beba da fonte aqui.

Top 10



Não é o Top Five, do CQC, esse é o Top 10 humilhações do time da Coxtera. Clique aqui e vejam vocês mesmos os relatos das dez maiores humilhações que o lão banguela já passou em toda sua história.

10º Campeonato Brasileiro de 1974;
Final do Campeonato Catarinense de 1949;
Leão banguela 2 x 3 Chapecoense (20/02/2008);
Chapecoense 3 x 1 Time do mangue (29/02/2004);
Amistosos de preparação para a série B de 2004;
Azulino 0 x 1 Rio Branco de Paranaguá (28/02/2007);
Seletiva para a Copa Sul-Minas de 2002;
Figueirense 3 x 0 Real Madrid do Carianox (14/02/2007);
Tupi 8 x 1 Time da Coxtera (12/10/1997);
Rebaixamento do Catarinense de 1993.
 
Claro, são apenas dez humilhações dentre as milhares que eles já proporcionaram.

TIME DO MANGUE: PIADA PRA TODA A VIDA.

Nova função


As câmeras de monitoramento localizadas no Orlando Scarpelli ao invés de serem utilizadas pra dar maior segurança às pessoas que estiverem dentro do estádio, a partir de agora servirão pra captar torcedores que vaiarem Jorginho, time e componentes da diretoria. Bom, pelo menos foi o que deixou bem claro o presidente pavão do Figueirense na malfadada entrevista que concedeu antes do início do jogo entre Figueirense e Santos sábado passado, lá na Vila Belmiro.

Em contrapartida, os torcedores que forem pegos "elogiando" a diretoria terão o prazer e a honra de receberem em sessão solene no Memorial do Clube a medalha Verdadeiros Alvinegros Adoradores da Causa.

Quem ateia fogo em cadeira, quem quebra banheiro e quem danifica catracas eletrônicas podem até ser identificados pelo sistema de monitoramento do estádio, mas infelizmente não serão punidos. No entanto, os bandidos que forem pegos pelas câmeras agindo contra a "causa" poderão ser denunciados, punidos e quem sabe jogados como comida aos tubarões.

Vamos lotar?



Torcedor alvinegro, vamos lotar o Scarpelli nesse domingo? Que tal? Motivo é o que não falta.

Jogo bom, adversário qualificado, Figueira empolgado depois da vitória diante do Santos, torcedor contente com o momento do time, jogadores como Maicon e Wilson retornando ao time titular, e ainda por cima promoção de ingressos pela metade do preço. Quer mais?

Não podemos admitir um Scarpelli com menos de 15 mil torcedores alvinegros presentes. Lembram do jogão de bola que foi contra o Coritiba na série B do ano passado? Estádio lotado, estreia do bandeirão e dentro de campo uma bela vitória. Espero que tudo isso se repita novamente.
 
Como deve ter torcedor (sofredor) do azulino com inveja do Figueirense...

Rumores verdadeiros?



Será?

O jornalista gaudério da emissora gaudéria, Castiel, torcedor e apaixonado do leão banguela, disse ontem em seu blog que existe a possibilidade do clássico da última rodada do Brasileirão não ser disputado na Ressaqueda caso o time da Coxtera já esteja matematicamete rebaixado. (Fonte)

Na quarta-feira, durante o jogo do Brasil contra a Argentina, eu e meus amigos comentávamos sobre este assunto, no entanto, particularmente não dei muita bola. Sinceramente eu não acreditei, mas como diz o ditado: "Onde há fumaça, há fogo."

Olha, do Real Madrid do Carianox nós podemos esperar de tudo um pouco. A informação não iria surgir do nada, pelo menos um fundo de verdade ela deve ter.

Se eu fosse torcedor (sofredor) do azulino não iria permitir de forma alguma que uma coisa dessas acontecesse, pois seia uma humilhação sem precedentes. Além de serem rebaixados dentro de campo, pelo que se vê a diretoria frustada do leão banguela quer ser rebaixada fora dele também.

Eu vou ao Rebaixamento do Avaí na última rodada na Ressaqueda, mas se porventura esse jogo for transferido de outro local, convenhamos, será um fato que perdurará por muitos e muitos anos na cabeça dos torcedores. Uma humilhação gigantesca, estratosférica e que jamais terá reparação.

PS: Cumpre ressaltar que mais de 2.5 mil torcedores alvinegros já confirmara presença no Rebaixamento do Avaí. Tenho certeza que até lá mais de 5 mil alvinegros marcarão presença neste momento histórico.

Master do Figueirense?


Alguém poderia me dizer quantos ex-jogadores do Figueirense representaram o clube nos amistosos que o "Master do Figueirense", que na verdade é o Manezinhos, fez na Europa nesse mês de setembro?

Abaixo, segue uma listagem que poderá ser preenchida como o nome desses ex-atletas:

1º ___________________________________________

2º ___________________________________________

3º ___________________________________________

4º ___________________________________________

5º ___________________________________________

6º ___________________________________________

A "bixa" está grande


Dizem que neste exato momento está começando a se formar um enorme congestionamento de veículos na Via Expresa Sul em virtude do AAA (Apoio ao Avaí "leão banguela" no Aeroporto), que pelo visto cativou e tocou os corações dos torcedores (sofredores) do time do mangue.

Prova disso é que ontem, na página do AAA no Facebook, a espetacular marca de 60 pessoas, repito, 60 pessoas confirmaram presença no embarque de logo mais, no Aeroporto Hercílio Luz, dos jogadores pernas de pau para o jogo diante do Bahia neste final de semana.

A expectativa de um dos organizadores do "evento" é que cerca de 75 torcedores (sofredores) do time do mangue estejam presentes no AAA: "Contamos com o apoio de nosso torcedor sofredor. Esperamos que 70 ou 75 apaixonados venham pra cá se unir conosco nesta corrente positiva. Já que eles não vão ao estádio, pelo menos saiam de suas casas pra vir aqui e apoiar nosso time bagaceira na batalha que vai ser o jogo contra o Bahia. Sabemos que o leão banguela vai perder, mas queremos que pelo menos desta vez o nosso time leve no máximo um golzinho. Chega desse negócio de ficar levando dois ou três gols dos times adversários em todos os jogos. Estamos cansados."

Aliás, será que a PM vai fazer a liberação de pistas para o pessoal ir com tranquilidade ao aeroporto?

É disso que eu tanto falo


Jorginho meu caro, pegue essa declaração do Maicon, crie inspiração e daqui pra frente se torne pelo menos uma pessoa respeitada pelos torcedores alvinegros.

Leiam as três frases abaixo ditas ontem pelo verdadeiro camisa 10, verdadeiro capitão, craque e melhor jogador do time, Maicon:

"O Coritiba é uma grande equipe, com jogadores de qualidade, mas aqui dentro somos fortes, temos que nos impor para voltar a vencer";

"Queremos vencer todas as partidas, mas, às vezes, não conseguimos. Neste próximo jogo vamos fazer de tudo para voltar a vencer e voltar a dar alegria ao torcedor dentro de casa";

"Temos que atuar como temos atuando e, nas oportunidades que tivermos, fazer os gols. Assim conseguimos fluir nosso jogo e, consequentemente, conseguir o que mais queremos, que é vencer dentro de casa." (Fonte)

Pronto, não falo mais nada!

O Maicon resumiu em três frases tudo aquilo que 99,99% dos torcedores alvinegros queremos, que é ver um Figueirense se tornando um clube grande jogando como um time grande, independentemente do adversário que estiver do outro lado do campo.

Vejam que em nenhum momento ele disse que o Coritba tem um orçamento maior do que o nosso, talvez um elenco melhor e mais qualificado. Na teoria não deixa de ser verdade, mas isso não precisa ser dito aos torcedores.

O Figueirense não deve se apequenar diante dos paranaenses; primeiro porque tem condições de vencê-los e principalmente pelo fato do jogo ser no Scarpelli. Nossa torcida, quando tem vontade, se torna o 12º, 13º, 14º jogador da equipe.

Viu, Jorginho? Não é muito difícil conqusitar o torcedor. Uma ou duas frases otimistas são melhores do que resenhas e mais resenhas que não chegam a lugar algum.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Eu vou!


Clique AQUI e confirmem suas presenças no Rebaixamento do Avaí.

Eu não vou perder essa por nada. E vocês, vão perder?

Von pra Ressaqueda, pois esse clássico vai ficar na história!

Tadinho do Coutinho



O volante Coutinho foi titular da equipe no jogo cotra o Internacional, mas ao que parece o gurizão que entrega os coletes para os jogadores que ficaram na reserva não acreditou muito na titularidade dele.

Acompanhem o minuto 1:10 do vídeo e reparem como Coutinho ficou puto quando recebeu o colete de reservas do time.

Vocês pegam muito no pé do Pequeno Couto, credo!

Quem denuncia, quer punir


O presidente pavão do Figueirense não quer punir os torcedores do Figueirense que vaiarem ele, o Jorginho, o Coutinho ou uma das bandeirinhas de escanteio do Scarpelli, na verdade ele vai apenas denunciar os baderneiros. Denunciar; não punir.

DENÚNCIA: Uma denúncia, em sentido genérico, é uma tentativa de levar ao conhecimento público ou de alguma autoridade competente um determinado fato ilegal, aguardando alguma possível suscetível punição. (Fonte)

Quem tem fome, quer comer; quem tem sede, quer beber; quem compra uma camisa, quer usa-la; quem tira carteira de motorista, quer um dia dirigir; e quem denuncia, obviamente quer punir!

AAA



Mais uma!
 
Ao que parece foi criado um movimento de apoio ao leão banguela denominado AAA (Apoio ao Avaí "leão banguela" no Aeroporto). Puta que pariu, era só o que faltava!
 
O que os torcedores (sofredores) que tiverem a coragem de ir amanhã no Aeroporto Hercílio Luz, se é que vai alguém, gritarão de incentivo aos jogadores pernas de pau do azulino: "Time de guerreiros", "Ah, eu acredito" ou "Ô ô ô ô ô nóis tamu junto"?
 
Esse pessoal vai esperar até quando pra cair na real, heim?

Vamos ouvir



Hoje à tarde vou ouvir atentamente o programa Campo Crítico, da Rádio Guarujá, pois nele estarão presentes o presidente do Figueirense, pavão, e o diretor de marketing, Renan Dal Zotto.

Sempre é muito bom saber de nossos dirigentes informações quentinhas sobre o atual momento pelo qual o clube está passando, e também as perspetcivas futuras com relação ao campeonato e a próxima temporada.

Mas no meio disso tudo, das explicações que todos nós imaginamos que ambos nos passarão, seria interessante se alguém perguntasse as suas opiniões pessoais sobre aquela história envolvendo o pavão e o investidor com Renan e Chico Lins, que o Cacau andou colocando em seu blog, coincidentemente ou não, logo após uma viagem a Europa que ele fez junto com o time de amigos do presidente do pavão, o Manezinhos.

Só que tem uma coisa: não vale dizer que foi tudo um mal entendido e que isso é coisa de pessoas que não querem o bem do clube, gente do MAL. Beleza?

Rapidinhas!

GOSTEI

Muito boa à iniciativa da diretoria do Figueirense em fazer uma promoção de ingressos para os três próximos jogos do Figueirense em casa contra Coritiba, América/MG e Bahia, respectivamente.

Gostei! Esse é o tipo de promoção que deve ser feita sempre, principalmente quando o time está de bem com a torcida, bem ao contrário do que acontece com um certo time do Sul da Ilha de Santa Catarina, que só faz promoção pra chamar os seus torcedores (sofredores) ao estádio quando o time cacareco deles está lutando pra não ser rebaixado das competições que disputa.

Maiores informações quanto à promoção, acessem o site do Figueirense.
 
SE O JEAN DERETTI...

Se o Jean Deretti permanecer no time titular, Maicon e Elias estarão disputando uma única vaga no time titular, até porque, em princípio, os dois volantes da eqipe serão Ygor e Túlio; um meia, no caso, Jean Deretti; e os dois atacantes serão Wellington Nem (Ô Dáblio Nem) e Júlio César. Portanto, sobra apenas uma vaga neste time.

O escolhido tem que ser Maicon, evidentemente. O camisa 10, Elias, não amarra as chuteiras do verdadeiro camisa 10 da equipe, Maicon. Por sinal, Elias não fez nenhuma falta ao time do Figueirense nas últimas duas rodadas, muito pelo contrário.

Acho que maicon e Jean Deretti formarão uma bela dupla!

EXISTE CONSELHO DELIBERATIVO?

O Figueirense tem realmente um Conselho Deliberativo?

Se tiver, o que eu não acredito, não seria oportuno o CD do Figueirense convocar uma reunião com seus integrantes para primeiramente analisar e posteriormente discutir as absurdas declarações dadas pelo presidente pavão do clube que prometeu punir os torcedores que protestarem contra o time em dias de jogos no Scarpelli?

A declaração dada pelo presidente pavão do Figueirense foi forte e merece, no mínimo, ser repreendida por representantes do CD do clube.

Em qualquer clube com um CD atuante, certamente no dia seguinte estariam sendo feitas tratativas para que o presidente fosse deposto do cargo, mesmo sendo ele nada mais nada menos do que a Rainha da Inglaterra.

A mim ele não engana

Antes que alguém diga que as declarações dadas pelo Pequeno Jorge no dia de ontem são coerentes, me antecipo e digo que não são!

Não adianta ele vir agora com esse discurso "pés no chão", pois o Figueirense poderia estar almejando algo mais do que a fuga do rebaixamento se não fossem as inúmeras cagadas que eles fez e continua fazendo à frente do comando técnico da equipe.

Infelizmente o Figueirense não está numa posição melhor na tabela de classificação devido ao caminhão de besteiras que ele (Pequeno Jorge) proporcionou. Não digo nem com relação as escalações e insistências pra lá de controversas em determinados jogadores, e sim no que diz respeito às infinitas incoerências cometidas por ele ao longo da temporada.

"Temos que ter muito cuidado com isso. Não quero pensar pequeno, como algumas pessoas falam, mas temos que estar com os pés no chão. Não vamos pensar lá na frente, é até um menosprezo com as equipes que estão na nossa frente". (Fonte)

Desde quando pensar lá na frente é menosprezar as equipes que estão na frente? Se for assim, por acaso pensar com os "pés no chão" é menosprezar quem está atrás? Claro que não!

Menosprezo é o que ele vem tendo há muito tempo com os jogadores e com os torcedores do Figueirense, quando costuma dizer que o orçamento do adversário é maior do que o do time dele e por causa disso o jogo será complicado.

Pagar de bom moço agora, Jorginho? Nem vem!

Eles não falam a mesma língua



Um dia o Pequeno Jorge diz que a meta do time é primeiramente escapar do rebaixamento, no outro dia é o Túlio dizendo que o time tem condições de buscar uma vaga à Libertadores do ano que vem, aí vem o pavão e concorda com que o volante do Figueira disse, só que em contrapartida ontem o treinador alvinegro veio com o discurso dos "pés no chão" e novamente reiterou que a meta do clube é chegar aos 45 pontos pra fugir matematicamente do rebaixamento. (Fonte)

Queria corroborar com o discurso do Túlio, que pensou, ou melhor, pensa grande, só que infelizmente nós acabamos esbarrando com a realidade pela qual nosso time está passando. O Figueirense não luta por uma vaga na Libertadores, luta pra fugir do rebaixamento. Essa é a verdade! Um time que até a última rodada não vencia faziam cinco jogos e que em casa venceu apenas um jogo dos últimos nove que disputou, convenhamos, não tem hoje condições de buscar uma vaga no tão almejado torneio Sul-Americano.

Se o discurso do Túlio fosse adotado e seguido desde à primeira rodada, talvez poderíamos estar pensando alto nesse momento, acreditando que nosso time teria condições de disputar algo mais do que apenas se livrar com antecedência do rebaixamento. O problema foi o discurso derrotista do treinador do Figueirense, que sempre e continua se preocupando mais com os outros do que consigo mesmo.

"Ah, o time tal tem um orçamento maior", "Ah, o time tal tem um elenco mais qualificado", "Ah, o terceiro reserva daquele time é titular do meu" etc. Mesmo assim, por mais cagadas que já tenham sido feitas, a campanha que o Figueirense vem fazendo permite que as pessoas acreditarem, por exemplo, numa vaga à Libertadores. Só que agora é tarde. Depois de 26 rodadas o negócio ficou meio complicado...

Com tantos discursos controvéros, quem acaba sendo iludido é o torcedor, pois ele não sabe ao certo quais são os reais objetivos e as principais metas do Figueirense ao final do campeonato.

Faltou pensar no como time grande ao longo da temporada...

A volta da ditadura


Ontem eu ouvia o programa Copa e Cozinha, da Band FM, até que num certo momento o pessoal colocou no ar uma entrevista concedida por Hitler, desculpa, pelo presidente pavão do Figueirense antes do jogo entre Figueirense e Santos, na semana passada.

Perguntado pelo repórter sobre as manifestações dos torcedores alvinegros no jogo contra o Internacional na última quarta-feira, o presidente pavão disse que a manifestação foi feita por um grupo bem pequeno, que segundo ele não são torcedores de verdade do Figueirense.

Aquela velha história do quem faz crítica não torce; quem bajula é exemplo de torcedor, volta à tona e vira assunto entre os torcedores e parte da imprensa.

O repórter, se eu não me engano Bruno César, perguntou por diversas vezes quem ou quais seriam os torcedores, mas como de costume o presidente pavão não deu nome aos bois, chegando ao ponto de gaguejar várias vezes em algumas respostas. Mais uma vez o dirigente mór do Figueirense abre a sua boca pra jogar merda no ventilador em um momento completamente inoportuno.

Mas o ponto alto da entrevista foi quando o presidente pavão do Figueirense disse em alto e bom tom que vai punir os torcedores que vaiaram, criticaram ou xingaram o treinador Jorginho através da identificação dos mesmos por intermédio das câmeras instaladas no estádio Orlando Scarpelli.

Repito: O PRESIDENTE PAVÃO DISSE CATEGORICAMENTE QUE VAI PUNIR OS TORCEDORES QUE VAIAREM, XINGAREM E SE MANIFESTAREM NO ORLANDO SCARPELLI, E QUE AS CÂMERAS DE SEGURANÇA DO ESTÁDIO AJUDARÃO NA IDENTIFICAÇÃO DOS TAIS TORCEDORES.

Espera aí! Quer dizer que as câmeras instaladas no estádio Orlando Scarpelli, que em princípio estariam sendo utilizadas pra dar mais segurança aos torcedores, como fora exigido no início do ano pelo Ministério Público, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar; a partir de agora servirão pra identificar quem esteja, no caso, "torcendo contra o time", conforme disse o presidente pavão do Figueirense?

Meu Deus, é o fim! Não há mais nada o que se possa fazer. O Figueirense (clube) e seus torcedores estão sendo alvos da tirania. A ditadura voltou!

Cuidado torcedor alvinegro, tomem muito cuidado! Se porventura você der uma xingadinha num jogo do Figueira, do nada pode surgir um segurança terceirizado do clube pegando em seu pescoço, te arrancando da cadeira e te metendo pra fora do estádio sem mais, nem menos.

Resta saber se as câmeras conseguirão decifrar ou traduzir tudo aquilo que o torcedor falar, pois é muito fácil confundir fiado com viado ou baralho com caralho. Não é mesmo?

Quero ver o posicionamento da imprensa, do Tribunal de Justiça Desportiva e até mesmo da Justiça Comum sobre este caso, até porque no meu ponto de vista isso nada mais é do que censura seguida de ameaça. Um caso extremamente grave e com certeza passível de punição!

LODETTI, ME PUNE!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Nobre lista


O blog Pombo Sem Asa, do Globo.com, elegeu uma seleção dos piores do Campeonato Brasileiro até a 26ª rodada. Como todos devem imaginar, o leão banguela marcou presença na lista dos piores com três, repito, TRÊS jogadores pernas de pau. São eles: Daniel (lateral-direito), Welton Felipe (zagueiros) e Batista (volante).

Engraçado ver o time do mangue com três jogadores na seleção dos piores do Brasileirão, principalmente depois que disseram no início do ano que este era o melhor elenco do futebol catarinense. Apenas melhor não, na verdade o termo usado à época foi disparadamente o melhor do estado.

Como o campeonato ainda não terminou, creio que o número de jogadores pernas de pau do azulino na seleção dos piores pode aumentar. 

Estarei torcendo!

Que tal uma pesquisa agora?



Por que o pessoal da emissora da gaudéria não sai agora às ruas ou providencia uma nova "pesquisa" pra saber qual o clube que tem a maior torcida de Santa Catarina? Eles não providenciaram isso na época em que o time do mangue estava muito bem na Copa do Brasil? Então, que tal fazer isso agora, na fase desgraçada pela qual eles estão passando, só pra ver se realmente aqueles números mirabolantes que foram apresentados são reais.

(...)

Estou curioso pra saber se no ano que vem, com o leão banguela na série B e nós na série A, os gaudérios lá do Morro da Cruz vão sugerir que sejam feitas novas pesquisas pra saber qual clube tem a maior torcida do estado, instigar rivalidades pra ver quem coloca mais torcedores no estádio e comparar os elencos do Figueira e do Real Madrid do Carianox ao longo da temporada, da mesma forma como fizeram nos dois anos que o Alvinegro esteve por lá.

Em suma, eu duvido!

Blitz em Floripa


ÔNIBUS DO LEÃO BANGUELA FOI PARADO EM BLITZ: MULTADO POR NÃO TER VOLANTE, SEM LATERAL, REBAIXADO E AINDA ACHARAM  MUITAS DROGAS DE TODOS OS TIPOS, SÓ NÃO TINHA CRACK!!!

Rapidinhas!



TITULARES RETORNANDO?

Wilson, Túlio, Maicon e Elias, que são considerados titulares do Figueirense, estão retornando gradativamente aos treinamentos nesta semana após terem se afastado dos gramados por motivo de lesão, e provavelmente estarão à disposição do Pequeno Jorge para o jogo de domingo diante do Coritiba.

Em tese, Wilson retornaria no lugar de Ricardo, Túlio no lugar de Coutinho (Pequeníssimo Couto), Maicon no lugar de Pittoni (W Two) e Elias no lugar de Jean Deretti; claro, se eles realmente estiverem recuperados de suas lesões.

Mesmo com a vitória em Santos penso ser imprescindível o retorno dos titulares. Eu só tenho uma restrição quanto ao Elias, até porque no meu ponto de vista ele não fez falta alguma ao time nos últimos jogo do Figueirense contra Atlético/PR e Santos, respectivamente.

TODO DE PRETO

Não é nada demais, apenas uma preferência pessoal. Que tal o Figueirense jogar contra o Coritiba todo de preto? Eu gostei daquele uniforme, acho tão bonito quanto o número 1.

Se não me falhe à memória a última vez que o Figueirense jogou todo de preto foi no clássico contra o leão banguela. Apesar da derrota, creio que o uniforme não tenha dado azar, já que na sua estreia o Alvinegro conquistou uma bela vitória sobre o Corinthians, lá no Pacaembu.

BARATINHO

Amanhã à noite será lançado nas Livrarias Catarinenses do Shopping Beiramar o livro FIGUEIRENSE 90 ANOS DE GLÓRIA, AMOR E PAIXÃO.

Até aí tudo bem, mas o que me chamou atenção foi o preço do livro, que será vendido no local pela bagatela, promocional, de R$79,00. (Fonte)

Livro - R$79,90
Camisa oficial - R$179,90
Ingresso - R$50,00
Torcer para o Figueirense - R$ ??? (Hoje custa caro, muito caro)

Porra, quase 80 reais num livro? Seria esse um livro destinado apenas aos verdadeiros alvinegros?

Preço promocional...

O discurso não é o mesmo




Parece que não existe uma sintonia nos dicursos do Jorginho, dos jogadores e da diretoria do Figueirense. A incoerência prepondera entre eles.

O treinador alvinegro já deixou bem claro em diversas entrevistas que o objetivo principal do Figueirense na competição é fugir do rebaixamento. Essa explicação, aliás, na maioria das vezes serve pra justificar a falta de ambição do clube, provindo daí aquele papo furado do orçamento baixo, do elenco reduzido etc.

Só que o discurso do treinador alvinegro não condiz com aquilo que os jogadores e agora a diretoria vêm falando à imprensa.

Ontem o volante Túlio disse que o time do Figueirense ainda tem chances e condições de lutar por uma uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. (Fonte) Enquanto isso, na edição do jornal Diário Cataruchoense, o presidente pavão do Figueirense disse que "... a Libertadores está distante, mas é possível". (Fonte)
Afinal, que tipo de cobrança devemos fazer para o time do Figueirense? De um time que luta pra não cair, de um time que se contenta em ficar numa posição intermediária na tabela ou de um time que luta por uma vaga na Copa Libertadores?

E outra coisa: Quem está alimentando falsas esperanças aos torcedores?

1º Jorginho: quando diz que o primeiro objetivo da equipe é se livrar do rebaixamento;
2º Jogadores: que falam que o time tem condições de brigar por uma vaga na Libertadores;
3º Diretoria: que não sabe ao certo qual o principal objetivo do Figueirense na competição;
4º Torcedores: que não sabem em quem acreditar.
 
Seria realmente uma maravilha se todos (treinador, jogadores e dirigentes) tivessem o mesmo discurso e focassem na busca do algo mais, no caso, uma vaga à Libertadores. Só que infelizmente nossa realidade é outra, uma vez que eu não posso comungar com um sonho de Libertadores quando o treinador do time que eu torço diz abertamente que o negócio é lutar pra não cair.
 
Pelo visto o discurso da comissão técnica, dos jogadores e da diretoria não está muito "orquestrado"...

Rir pra não chorar



Sinceramente não sei o que é mais engraçado: assistir uma comédia, ou então, acompanhar diariamente o martírio pelo qual os torcedores (sofredores) do leão banguela estão passando. Por incrível que pareça eles ainda acreditam e têm fé que o azulino não será rebaixado.
 
Já era pessoal, já era! Parem de se iludir e achar que o Real Madrid do Carianox vai conseguir nesses próximos doze jogos ter um aproveitamento de time campeão e se livrar do rebaixamento. Um raio não costuma cair duas vezes no mesmo lugar, por isso que o time do mangue desta vez não vai escapar.
 
No ano passado até que o time era bom, o azulino tinha alguns jogadores de qualidade, peças de reposição etc; mas em contrapartida, o time deste ano é muito ruim, fraco, medonho e horroroso, tanto é que o leão banguela é o único time em toda a história do Campeonato Brasileiro de pontos corridos que ainda não saiu da zona de rebaixamento pelo menos uma rodada.
 
Na boa, caros amigos torcedores (sofredores) do azulino, sinceramente acho que vocês deveriam procurar por um tratamento psiquiátrico agora, neste exato momento, antes que seja tarde demais. Me preocupo demais com vocês. Meu pai é avaiano, imagino o que vocês devem estar passando.
 
Em 2012 a realidade é a série B e ponto final. Caiam na real!

1º Jorginho; 2º Jorginho; 3º Jorginho... 17º Figueirense


Domingo, caso o Figueirense vença o Coritiba, o discurso daqueles que só sabem comentar baseado nos resultados não vai fugir muito disso: "O Figueirense faz uma excelente campanha. Vencemos mais um time grande. Falem agora do Jorginho, falem".

Pelo que eu estou vendo a preocupação está muito mais voltada ao fato do time vencer e provar que o Jorginho é um baita treinador, do que o time vencer pra tentar almejar algo mais atrativo do que a fuga do rebaixamento.

Noto que a situação do Jorginho no comando técnico da equipe é muito mais importante de ser discutida do que o momento pelo qual o time está passando. Parte da imprensa, que até ontem metia o pau, mas metia e muito o pau no Pequeno Jorge, por incrível que pareça hoje está alisando, afrouxando e mudando completamente o discurso.

Só que isso todos nós sabemos que é normal, até porque ser comentarista é muito fácil, pois neste exato momento eles falam que o carro é vermelho, amanhã azul no outro dia preto, sendo que no final das contas tudo fica por isso mesmo, já que eles não precisam dar explicações pra ninguém. Ter a seu favor microfone, câmera, papel e caneta é uma vantagem sem precedentes.

Jorginho conseguiu colocar dirigente contra dirigente; imprensa contra imprensa; e, principalmente, torcedor contra torcedor. Só que agora ele está conseguindo fazer com que a imprensa e os torcedores coloquem a sua campanha pessoal na frente da campanha no time no Brasileirão.

De repente o discurso mudou e a "orquestra" aumentou. Jorginho é um gênio!

(...)

Mas se o time não vencer o Coritiba, com certeza os que hoje "apoiam" Little George não perderão tempo e dirão em alto e bom tom: "Fora, Jorginho".

Vou chorar, desculpe mas eu vou chorar


Ao final do jogo entre o leão banguela e o Grêmio uma cena lamentável ocorreu no meio do gramado da Ressaqueda. Pelo que falaram a Paquita Anjo Loiro Marquinhos viu o atacante William Batoré saindo de campo triste, cabisbaixo, pegou na mão dele, deu um forte abraço e no seu ouvido disse o seguinte: "Encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora".

Batoré chorou ao final do jogo contra o Grêmio, mas o pior de tudo é que ele chorou nos braços da Paquita Anjo Loiro Marquinhos. Logo nos ombros de quem...

Pelo visto isso não abateu o jogador perna de pau do Real Madrid do Carianox, até porque o chorão fez mais uma promessa aos torcedores (sofredores) do azulino. Conforme fora dito pelo atacante das frases impactantes, aquele teria sido o seu último choro de tristeza, já que o próximo será um choro de alegria. (Fonte)
Estão chamando William Batoré de WilLeão. Sério, WilLeão! Uaaaaaaaaaaaaaalllllllllllll. Porra, tudo isso por causa de um chorinho? Imaginem o dia que ele chorar e derramar lágrimas. Vão fazer uma estátua pra ele.

Quero ver se no final do ano, com a queda do leão banguela pra segunda divisão, ele vai chorar de tristeza e dizer que o próximo choro será de alegria quando estiver embarcando rumo ao Qatar pra ganhar seus petrodólares no time que hoje é comandando pelo ex-treinador do time do mangue, Silas-cou.

Não se afobe, senão adqui a pouco vai é acabar faltando lágrimas pra tanto choro. Viu, Batoré?

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Primeiro reforço?



O meia Roni, do Criciúma, foi negociado com um grupo de investidores do mercado internacional por cerca de 3 milhões de reais. Me chamou à atenção a informação de que o empresário Eduardo Uram, dono da Brazil Soccer e um dos homens fortes do Figueirense, foi um dos intermediários do negócio a pedido do presidente do Criciúma. (Fonte)

Ao final do Campeonato Catarinense deste ano muitos davam como certa a venda de Roni à Brazil Soccer, o que acabaria fazendo com que ele fosse contratado pelo Figueirense, via Tombense, para a disputa do Campeonato Brasileiro. Só que o negócio não aconteceu e o jogador acabou permanecendo no Criciúma.

Em princípio, apesar do Uram ter servido apenas de intermediador na transação envolvendo o jogador, mas como diz o ditado onde há fumaça, há fogo, tenho a leve impressão, apenas impressão, de que Roni será o primeiro reforço do Figueirense para à próxima temporada. Mesmo que faça uma tremenda série B pelo Criciúma, não acredito que ele vá diretamente, se for o caso, pra Europa.

E agora?

Jorginho, i love you!


Pessoal, é muito importante que todos vocês saibam de uma coisa: no próximo jogo do Figueirense em casa, domingo contra o Coritiba, estejam presentes no estádio apenas os torcedores alvinegros de verdade, os comprometidos com a causa. Aqueles que não querem o bem do clube não se atrevam a passar por perto do Scarpelli.

Sendo assim, meu caros, não deixem de levar faixas ou cartazes com os dizeres "Força, Jorginho", "Jorginho até 2016" e "Jorginho: treinador do povo", até porque toda manifestação de incentivo é sempre muito bem-vinda.

De repente, vai que numa dessa tal demonstração de afeto, carinho e incetivo do torcedor ao treinador do Figueirense seja o suficente para que a imprensa veja que estamos juntos no mesmo barco (torcida, jogadores, comissão técnica e dirigentes).

PS: Isso não é nada orquestrado, beleza?

Agora é a vez da Torcida Nota 10?


Fiquei sabendo, de uma fonte extremamente confiável que circula pelos corredores da Ressaqueda, que os próximos jogos do leão banguela em casa poderão ser acompanhados praticamente de graça por seus torcedores (sofredores). É a última carroça!
 
Ao que parece os ingressos não custarão mais do que 10 reais. A nova promoção foi intitulada como: "Ingresos do que restou daquilo que restou dos ingressos restos de feira que haviam restado da feira que restou daquela outra feira do restante da primeira promoção ingressos resto de feira".
 
Depois da Torcida Nota 20 não ter dado muito certo, agora é a vez da Torcida Nota 10 entrar em ação. E se não der certo novamente, será que vão rogar e suplicar de uma vez por todas pela Torcida Nota 0?

Movimento separatista já!


Clique AQUI.

Antes de florianópolitano e catarinense, sou brasileiro; e como brasileiro uma coisa que eu não suporto são atos contra o meu país, por menores e mais insignificantes que sejam estes atos.

Um ato de respeito ao nosso país se dá, por exemplo, no momento da execução do hino nacional. Seja numa solenidade, seja numa partida de futebol ou seja lá onde for. Não está afim de cantar ou de ouvir tudo bem, mas não o desrespeite.

Como cidadão, uma coisa que me deixa triste e ao mesmo tempo indignado é ver brasileiros, pessoas que nasceram nesse país, ofenderem à sua própria pátria.

Eu não tenho nada contra os gaúchos, não sou xenofóbico e não suporto preconceito, mas uma coisa que eu não consigo aceitar é vê-los ostentar o lema "Ah, eu sou gaúcho" e esquecer de que acima de tudo são brasileiros.

Existe uma lei que obriga a execução do hino nacional brasileiro antes do início das partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro (Série A, B, C e D), mas não é de hoje que os gaúchos vaiam nosso hino, ou então, cantam o hino rio-grandense em cima dele.

Claro, não estou generalizando, até porque existem gaúchos que amam o Brasil tanto quanto eu, mas não dá pra fugir da realidade quando infelizmente presenciamos in loco ou até mesmo pela TV um ato tão antidemocrático como esse.

Em todos os jogos de Inter ou Grêmio, independentemente do local, o hino nacional brasileiro é vaiado ou sobreposto pelo hino rio-grandense. Aconteceu domingo no jogo entre time do mangue e Grêmio e na quarta-feira no jogo entre Figueirense e Internacional. Nas partidas realizadas no Olímpico ou no Beira-Rio isso acontece sempre.

A única coisa que eu posso fazer é lamentar e ao mesmo tempo ter vergonha desse tipo de gente.