segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

MAIS UM "ENGRAXA BEM"

Este post é uma homenagem ao melhor goleiro de Santa Catarina disparado! Wilson, parabéns pelos 27 anos completados hoje!

COMIGO É NA BASE DA PAQUITA

Quando eu jogar bola vocês vão ver...

Vocês vão ver... Ai de ti... Ai de ti...


Vão se enganar, e só vão querer saber de mim

Vocês vão se dar mal, e eu também

Vocês vão se dar mal, e eu também


(Refrão)

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Paquita Anjo Loiro que horror,

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Ele não joga nada, ele é um terror...


Paquita...

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Paquita Anjo Loiro que horror,

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Ele não joga nada, ele é um terror...


Quando jogo no Avaêêê

Quando jogo no Avaêêê

Dou carrinho, perco pênalti, faço a Ressaqueda enlouquecer


Eu vou pipocar e queimar a rosca

Eu vou pipocar e queimar a rosca

Eu vou pipocar e queimar a rosca

Eu vou pipocar e queimar a rosca


(Refrão)

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Paquita Anjo Loiro que horror,

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Ele não joga nada, ele é um terror...


Paquita...

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Paquita Anjo Loiro que horror,

Paquita Anjo Loiro Marquinhos,

Ele não joga nada, ele é um terror...


PS: Música inspirada em "Na base do beijo", de Ivete Sangalo.

DESCULPINHAS DA RODADA!

Quais as desculpinhas que serão dadas para justificar o resultado de empate entre o time do mangue e o Metropolitano?

Se alguém souber de alguma desculpinha, até porque não faltarão, por gentileza encaminhar a este que vos escreve para que posteriormente eu as publique aqui no blog.

PS: Também ficarei o dia inteiro atento às desculpinhas que virão do sul da Ilha.

ACHEI UM PIOR DO QUE O CÉLIO AMORIM (NA IMPRENSA)

Fazer com que um “comentarista” de futebol, que sequer sabe falar a respeito de futebol também comente sobre arbitragem, não é o mais adequado, ainda mais quando os comentários são completamente viciados. Viciados no sentido de fazerem comentários direcionados apenas a um clube, como aconteceu na transmissão de ontem na RBS.

Apesar do jogo ter sido transmitido para todo o estado, no final das contas parecia que estava sendo transmitido apenas para Floripa, já que o comentarista escalado não sabia falar outra coisa senão a fórmula e os meios que o time do mangue teria que achar para vencer a equipe do Metropolitano.

Mas o pior da transmissão acontecia quando o referido comentarista abria a boca pra dar pitacos sobre a arbitragem. Ele chegou a ser pior do que o próprio árbitro. Apenas ele viu 72 pênaltis a favor do time do mangue. Apenas ele e mais ninguém! E olha, pra ser pior do que o Célio Amorim tem que ser muito burro, ou então, no mínimo um ignorante.

Creio que tamanha ignorância e imparcialidade do comentarista se dão pelo envolvimento quase que diário com o Sr. Spock. Só pode ser isso, até porque não é possível que esta seja a sua característica.

POR FALAR EM CHAPECOENSE...

Por falar em Chapecoense, todo mundo sabe e é mais do que evidente, que se dependesse dos simpatizantes do clube do oeste do estado (99,99%), o Verdão disputaria o Campeonato Gaúcho, pois o orgulho que o pessoal de lá tem em dizer para todos que são gaúchos é infinitamente superior ao de dizer que são catarinenses.

Particularmente, pra mim não faria nenhuma falta, até porque existem clubes catarinenses de verdade que adorariam disputar o Estadual, mas infelizmente não disputam por falta de verba.

E outra, vale lembrar que a Chapecoense sequer era para disputar o Campeonato Catarinense deste ano, pois no ano passado foi rebaixada para a 2ª divisão do Estadual, e uma virada de mesa aos 45 minutos do segundo tempo fez com que o clube permanecesse na 1ª divisão no “lugar” do Ibirama.

JOGO EM CHAPECÓ

Todo jogo do Figueirense em Chapecó é preocupante, pois os “gaúchos” nunca estão desarmados quando enfrentam o Alvinegro.

O que mais me preocupa, verdadeiramente, é o trio de arbitragem que será escalado (verificar se já foi ou não) para comandar este jogo. Se for um árbitro no estilo “Célio Amorim” todos sabem o que pode acontecer. Problemas à vista! Por isso a atenção neste caso deverá ser redobrada, até porque dentro de campo não vejo tantas dificuldades para serem superadas assim, com todo o respeito à equipe de Chapecó.

O que o Figueirense pode tirar como proveito nesta partida é o fato de que o estádio Índio Condá provavelmente estará com a capacidade de torcedores reduzida pela metade, já que a parte gremista que acompanha a Chapecoense estará liga apenas no time de sua terrinha, evidentemente. Sem contar que até o início da partida do Grêmio o churrasco e o chimarrão deverão estar no ponto para serem apreciados pelos torcedores do oeste.

MERECE À TITULARIDADE?

Existem alguns comentaristas esportivos questionando a qualidade do titular da lateral-direita do Figueirense, Bruno.

De todos os jogos do Figueirense que eu assisti neste Campeonato Catarinense, em nenhum deles o lateral-direito Bruno comprometeu, pelo contrário. Inclusive, na partida contra o Joinville, na minha concepção ele foi um dos melhores em campo juntamente com o atacante Reinaldo.

Creio que os questionamentos ao Bruno são feitos porque muita gente compara o futebol dele com o do ex-lateral titular na posição, e agora no Botafogo, Lucas. A característica de ambos os jogadores é completamente diferente.

Lembro bem que em certos momentos da temporada passada, principalmente durante a série B, muita gente pedia à titularidade da equipe ao Bruno, pois todas as vezes que entrava no lugar do Lucas ele dava conta do recado.

Deve-se dar tempo e confiança ao Bruno, até porque substituir um jogador de qualidade como era o Lucas não é fácil. E outra, mesmo tendo sido por dois anos titular na lateral-direita do Figueirense, o Lucas não era considerado por muita gente o titular absoluto da posição. Não foram poucas as vezes que o futebol dele fora questionado pelos comentaristas e até mesmo pelos torcedores alvinegros.

QUEM COM O FERRO FERE...

Como dia o ditado: “Quem com o ferro fere, com o ferro será ferido”.

Muitos torcedores do time do mangue que se escondem atrás de um microfone ou de uma coluna de jornal estão dizendo que os seus companheiros ficaram em pé durante todo o transcorrer do jogo de ontem nas arquibancadas do estádio do SESI, e que ainda por cima os torcedores (sofredores) do time da Coxtera tinha a seu dispor apenas um banheiro para fazer suas necessidades.

Sinceramente, não vejo problema deles reclamarem das condições que o estádio do SESI disponibiliza para os torcedores visitantes, muito pelo contrário. O que eu acho engraçado é que estes mesmos “profissionais” não abriram a boca ou gastaram tinta de papel para falar das condições que ficaram os próprios torcedores (sofredores) do time do mangue nas duas últimas partidas realizadas na Ressaqueda no ano passado.

Lembram que a Costeirinha foi reaberta? Lembram que muitos torcedores (sofredores) tiveram que permanecer em pé debaixo de uma lua desgraçada? Lembram que tiveram torcedores (sofredores) que acompanharam aqueles dois jogos nas escadas que dão acesso às arquibancadas da Ressaqueda? Lembram que muitos torcedores (sofredores) voltaram para suas casas com o ingresso na mão, pois o estádio estava superlotado? Lembram?

Estes “profissionais” da imprensa têm a memória curta ou não fazem questão de relatar os descasos que ocorrem frequentemente na Ressaqueda?

EVOLUÇÃO?

Tem muita gente dizem aos quatro cantos que o time do mangue evoluiu bastante e que a partida de ontem contra o Metropolitano mostrou a verdadeira cara do azulino para esta temporada, especialmente no Campeonato Catarinense.

Olha, se a “cara” do leão banguela for àquela apresentada ontem, diria que Imbituba e Concórdia não têm do que se preocupar, pois a lanterna do campeonato desta vez não ficará com eles.

CLÁSSICO É CRÁSSICO

Tudo bem que antes do clássico que será realizado domingo agora no Scarpelli o Figueirense terá que enfrentar a Chapecoense, lá em Chapecó. Aliás, uma partida dificílima. Entretanto, não há como negar que o clima do jogo deste próximo final de semana já se encontra impregnado na mente tanto dos torcedores alvinegros como também dos torcedores (sofredores) do leão banguela.

Olha caros amigos, fazia tempo que eu não aguardava com tanta ansiedade um clássico, pois creio que desta vez o Figueirense não apenas vencerá o jogo, mas enfiará uma bucha naquele bando de pernas de pau.

INSISTEM, AINDA?

Tem gente que beira à loucura, só pode! Não é possível que existam pessoas, por mais apaixonadas que sejam por um determinado clube, mesmo trabalhando na imprensa, que insistem em sustentar a insana opinião de que o time do mangue ainda tem chances de se classificar para o quadrangular final do primeiro turno. É incrível!

Como pode um time que em cinco rodadas anotou apenas 1 pontinho anotar mais 12 nas próximas quatro rodadas? Impossível! Mas vamos imaginar que o azulino conquiste estes 12 pontos, mesmo assim não existe a possibilidade matemática de um time se classificar ao quadrangular final do primeiro turno com 13 pontos. Desde que esta fórmula de disputa foi criada nenhum time com menos de 14 pontos se classificou.

Este pessoal da imprensa que fica imaginando estes absurdos deveria ser um pouco mais consciente daquilo que fala, por favor! E outra, a matemática do time do mangue é simples: não há pontuação que faça com que eles se classifiquem, ponto final!

TRANSMISSÃO DE ARAQUE

O grupo RBS fez uma reportagem especial mostrando como são os bastidores da transmissão e cobertura da rádio CBN em dias de jogos pelo Campeonato Catarinense.

Como não poderia deixar de ser, o jogo que serviu para a elaboração da referida reportagem foi uma do leão banguela em sua casa, na Ressaqueda.

A reportagem que não tinha nada de especial esqueceu-se de mencionar duas coisas. A primeira é que os envolvidos na transmissão de um jogo na Ressaqueda devem sair um dia antes para evitar as filas em dias de jogos. Qualquer jogo com meia dúzia de gatos pingados já deixam o trânsito na Costeira insuportável. E outra coisa que a reportagem não mencionou é que todos os profissionais que vão à Ressaqueda para transmitir uma partida levam consigo o “kit acampamento”, com barraca, colchão, lampião e repelente, pois apenas 10 horas após o término da transmissão as pistas que dão acesso àquele muquinfo estão completamente livres.

PS: Esqueci de dizer que faltou na reportagem produzida pelo grupo RBS o posicionamento da AMCOX (Associação de Moradores da Coxtera), que é totalmente contra o fechamento das pistas todas as vezes que tem jogo na Ressaqueda. Uma reportagem como esta a RBS não tem coragem de fazer.

HÉBER RETONARÁ!

A grande surpresa do jogo de sábado entre Figueirense e Concórdia foi a substituição que o Márcio Goiano fez no time titular, colocando Wellington no lugar de Héber que, por sinal, não surtiu o efeito desejado pelo treinador.

Assim como a maioria dos torcedores alvinegros e até mesmo boa parte da imprensa, fui surpreendido com a escolha do Goiano, já que no meu ponto de vista o atacante Héber estava correspondendo como titular da equipe.

Prova disso foi que ao entrar no segundo tempo da partida de sábado o jogador não titubeou e logo de cara anotou o seu 3º gol na competição. São três gols marcados em cinco partidas, o que não deixa de ser uma média excelente para quem gerava dúvidas quanto ao seu rendimento antes do início do Campeonato Catarinense.

Muita gente diz que o atacante Lenny quando estiver apto para começar uma partida será o titular da equipe ao lado do Reinaldo. Pode até ser, porém uma coisa é certa: jogar apenas no nome não lhe garantirá a vaga no time principal, até porque o Héber vem correspondendo dentro de campo. Ele está jogando bem e fazendo gols, que é o diferencial, por exemplo, do Reinaldo, que em cinco jogos como titular anotou apenas um gol.

Como eu havia previsto, este será o ano do Héber, tenho certeza disso!

CURIOSIDADE DIRETO DE BRUSQUE

Têti, jogador do Brusque, é o artilheiro do Campeonato Catarinense com 5 gols. Só que um detalhe chama atenção: dos 5 gols que o atleta fez, 4 deles foram de pênalti.

Não, ele não é jogador do time da Coxtera! Digo isto, pois seria normal um jogador do azulino ser artilheiro de um campeonato caso seja o cobrador oficial de pênaltis de sua equipe, já que em praticamente 90% dos jogos o time do mangue tem um pênalti pra lá de controverso marcado a seu favor.

Enquanto isso, dos 14 gols anotados pela equipe do Figueirense até o presente momento (o melhor ataque da competição), nenhum deles foi proveniente de uma marcação de pênalti.

PRATO CHEIO?

Alguém deveria dizer ao Sr. Spock que "prato cheio" seria à transmissão da RBS apenas dos jogos do Campeonato Catarinense e não a transmissão de jogos do Grêmio e do Flamengo.

Dizem, e o Sr. Spock pode ser incluído nesta, que os torcedores catarinenses têm que dar valor aos times do estado. Todavia, ao que parece as coisas não são tratadas desta forma.

PS: O Sr. Spock é mesmo um engraçadinho... O Figueirense vence, se torna líder isolado, mas é criticado; já o time da Coxtera não vence, continua na lanterna, mas é elogiadíssimo. Que tipo de análise é feita por esta figura?

GARFOS CÉLIO AMORIM

Ontem quem sofreu nas "garras" de Célio Amorim foi o coitado do time do Metropolitano. Na quarta-feira da semana passada quem já havia sido prejudicado foi o Figueirense, em Itajaí. E agora, qual será o próximo time que será garfado por este que é disparadamente o pior arbitro de Santa Catarina?

PS: Tenho a leve impressão que este cidadão apitará o clássico... Haja coração!

PROCURA-SE

Procura-se a bola que a Paquita Anjo Loiro Marquinhos isolou na cobrança de pênalti que ele executou ontem, em Blumenau, na partida entre o time do mangue e o Metropolitano.

A recompensa para quem descobrir o paradeiro dela é de 1 ponto.

LÍDER!

Como diz o narrador e comentarista da Band FM, Claudionir Miranda: "Não vejo ninguém na minha frente".

Com a vitória diante do Concórdia, e com os demais resultados desta 5ª rodada, o Figueirense é o líder isolado do Campeonato Catarinense com 11 pontos, seguido pela Chapecoense, que tem 10 pontos na competição.

E por falar no time da Chapecoense, este é o próximo adversário do Alvinegro do Estadual. A partida que outrora estava marcada para às 22hrs da próxima quarta-feira, foi remarcada após pedido (exigência) da RBS para às 19h e 30min, em Chapecó.

RED BULL TE DÁ AAAAASSSSSAAAASSSS

Um amigo meu disse que viu a Paquita Anjo Loiro Marquinhos tomando um Red Bull antes de cobrar o pênalti. O problema é que ao invés dele ter criado asas, a bola foi quem criou.

Informações vindas de Blumenau dizem que até o presente momento a bola da cobrança do pênalti não foi encontrada. Entretanto, um morador de Pomerode disse à rádio local que antes de ter ido dormir avistou da janela de sua casa um objeto não identificado sobrevoando os céus da cidade.

Perguntado sobre qual o formato desse objeto, o morador de Pomerode disse que ele parecia com uma bola de futebol, mas uma bola de futebol com asas.

E o mistério continua...

NOVO PATROCÍNIO

Hoje, ao meio dia em ponto, será anunciado, na Ressaqueda, pelo presidente do clube, o Doutô Zunino, o novo patrocinador do time do mangue, que será a concessionária de automóveis Ponto 1.


domingo, 30 de janeiro de 2011

APENAS 2

Faltam apenas 2 gols para o maior ídolo da história do Figueirense, o craque Fernandes, chegar ao 100º gol anotado como jogador do Alvinegro. Ontem, contra o Concórdia, o meia anotou o seu 98º gol pelo clube.

Há quem diga e torça para que o centésimo gol de Fernandes pelo Figueirense seja anotado contra o time do mangue, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Catarinense, domingo que vem, no Scarpelli.

Imaginem como seria isso, Fernandes anotando o seu centésimo gol pelo Alvinegro, em uma partida em no Scarpelli, sendo contra o time da Coxtera? Não poderia ser melhor!

PREVISÍVEL

Logo após o término da partida de ontem entre Figueirense e Concórdia, o Sr. Spock e sua turma da CBN andaram dizendo que o time do Figueirense é bastante previsível, e que o treinador Márcio Goiano deveria alterar o esquema tático do time o quanto antes, pois os adversários já estão sabendo como enfrentar o Alvinegro.

O time do Figueirense é previsível? Não, não é possível que eu tenha escutado isso. Como é que um time que é líder do Campeonato Catarinense, tem o melhor ataque, a segunda melhor defesa, o melhor saldo de gols, o melhor aproveitamento entre os clubes e que apresentou o futebol mais convincente até o presente momento pode ser considerado um time previsível?

Olha, eu posso até não entender muito de futebol, mas existem pessoas piores do que eu, e estas pessoas trabalham no alto do Morro da Cruz, mais precisamente na RBS.

Porra, time previsível?

sábado, 29 de janeiro de 2011

ENGRAXA BEM!

Enquanto uns ficam por cima porque têm amiguinhos na imprensa, outros ficam por cima porque jogam bola e mostram isso dentro de campo.

Portanto, uma imagem vale mais do que mil palavras!

DEU PRO GASTO

O Figueirense, mesmo atuando pro gasto, venceu o Concórdia por 3 a 0, com gols de Maicon (golaço), Héber e Fernandes, todos anotados no segundo tempo.

O treinador Márcio Goiano surpreendeu e colocou no time titular o atacante Wellington no lugar de Héber, porém a alteração não surtiu efeito, pois o jogador não fez uma boa partida, tanto é que acabou sendo substituído.

O primeiro tempo foi bastante truncado, apesar do Figueirense ter tido algumas situações claras de gol. Nenhum jogador se destacou individualmente. Já no segundo tempo o time voltou a jogar um bom futebol e o time do Concórdia não foi páreo para o Alvinegro.

O "cérebro" do time, Maicon, que estava apagado no primeiro tempo, voltou com tudo e logo no início do segundo tempo anotou um golaço, um chute da intermediária que acertou o ângulo do goleiro adversário.

O gol fez com que o time voltasse a ter tranquilidade no jogo, tanto é que o segundo gol veio ao natural, com Héber. Perto do fim da partida, o ídolo Fernandes anotou o terceiro gol do Alvinegro, colocando um ponto final da partida de hoje.

A atuação de hoje não teve o mesmo nível das apresentações dos jogos contra o Brusque e Joinville, mas o que importou no final das contas foi a vitória, que é o mais importante neste momento do campeonato.

Com o resultado positivo o Figueirense chegou agora aos 11 pontos, assumindo provisoriamente à liderança do Campeonato Catarinense. Agora é torcer para que a Chapecoense não vença o time da cidade do balé, logo mais, em Joinville.

PESO PESADO

Esse é o time "peso pesado" que faz com que o time do mangue esteja em uma ótima fase no Campeonato Catarinense deste ano.

MUDANÇA DE CLIMA?

O Sr. Spock disse que o clima na Ressaqueda mudou bastante após o rererererere-re-re-retorno do presidente Doutô Zunino de suas férias.

Realmente o clima mudou e muito, só que os resultados continuaram os mesmos. Então, não há o que reclamar!

SAI FIGUEIRENSE, ENTRA O GRÊMIO

Segundo matéria publicada no ClicRBS os horários de dois jogos da próxima rodada do Campeonato Catarinense foram alterados por intermédio de um pedido feito pela Federação Catarinense de Futebol. Mentira!!!

Quem andou pedindo para alterar o horário destas partidas foi a própria RBS, e não a FCF. Quer dizer, pediu não, impôs. Um destes jogos, por sinal, é o do Figueirense contra a Chapecoense, que será realizado na próxima quarta-feira, em Chapecó.

Em princípio o jogo estava marcado para às 22h, mas a RBS pediu para trocar o horário da partida para 19h30min, e a FCF aceitou. Aliás, o jogo seria transmitido para todo o estado, porém com a troca de horários, a partida que será transmitida para todo o estado agora é entre o time do mangue e o time da cidade do balé.

Provavelmente, pelo menos pra Floripa e região, o jogo que a RBS transmitirá para a grande Florianópolis será do Grêmio pela pré-libertadores, ou alguém duvida disso? Ou melhor, alguém tem dúvidas de que tudo isso não foi planejado, já que o time gaúcho joga no mesmo dia e no mesmo horário?

Pensem comigo... Se o jogo do Figueirense fosse às 22h, os torcedores gaúchos de Floripa e região não teriam como acompanhar o jogo do time gaúcho pela TV aberta, apenas pela TV fechada. Além disso, o número de torcedores da Chapecoense no estádio Índio Condá seria bem pequeno, até porque antes de torcerem pra Chapecoense o pessoal do Oeste do Estado são torcedores do Inter ou do Grêmio. Então, nós (RBS) faremos o seguinte: colocamos a partida da Chapecoense contra o Figueirense mais cedo, porque aí da tempo dos torcedores irem ao estádio torcer para o "Verdão do Oeste", e após o término da partida os torcedores da Chapecoense terão tempo suficiente de irem pra casa, preparar um charrascão, e torcer para o glorioso Grêmio.

Ah, e o Campeonato Catarinense que se dane! Não concordam?

PONTO A PONTO

Hoje li em um noticiário esportivo do interior do estado que a corrida pela classificação para o quadrangular do primeiro turno do Campeonato Catarinense deste ano está sendo disputada "ponto a ponto".

É verdade, realmente a disputa está sendo ponto a ponto, mas o repórter esqueceu de mencionar apenas um detalhe: a disputa está sendo ponto a ponto do primeiro ao sétimo colocado, pois o lanterna da competição, o leão banguela, não conquistou um pontinho sequer na competição e, portanto, não pode ser inserido nesta lista.

FIGUEIRENSE X CONCÓRDIA 29/01/2011

O Figueirense enfrenta logo mais, no Scarpelli, o ex-saco de pancadas do campeonato, o time do Concórdia, em partida válida pela 5ª rodada do Estadual. Digo ex-saco de pancadas, pois o Galo do Oeste acabou perdendo este posto para o time do mangue, que fez de tudo para ter esse papel de "destaque" na competição.

O jogadores alvinegros têm que entrar em campo não pensando em outra coisa senão na vitória, pois a equipe do Concórdia, com todo o respeito que os jogadores merecem, é muitíssimo fraca. Um time que leva 15 gols em apenas quatro jogos não deve ser tão qualificado assim.

Apesar das dificuldades que o Figueirense enfrentou jogando fora de casa, todo mundo sabe que em seus domínios o Alvinegro demonstra uma superioridade acima da média contra seus adversários. Foi assim contra Brusque e Joinville.

Vencer o Concórdia é mais do que obrigação, e uma vitória poderá colocar o Figueirense novamente na liderança do Campeonato Catarinense caso a Chapecoense não vença o seu adversário nesta rodada.

O treinador Márcio Goiano provavelmente colocará em campo a mesma equipe dos últimos três jogos. Portanto, o time titular deverá contar com: Wilson, Bruno, João Paulo, Renato, Juninho, Ygor, Túlio, Maicon, Breitner, Reinaldo e Héber.

Espero que o torcedor alvinegro compareça no Scarpelli e ajude o time a conquistar mais esta vitória. Mesmo sabendo do preço salgadíssimo do ingresso, não custa nada pelo menos incentivar àqueles fiéis torcedores que pretendem ir ao estádio.

DIFERENTES, MAS NEM TANTO

Sabem qual ou quais as diferenças entre a Figueirense Participações e a Alliance Sports?

R: As únicas diferenças são o nome das respectivas empresas e nos integrantes de cada uma. Quanto ao resto ambas são rigorosamente iguais, inclusive no que diz respeito à exploração do clube.

Fazer o quê?

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

CRISE, QUE CRISE?

Repito o que já falei anteriormente: a situação pela qual está passando o time da Coxtera não pode ser considerada uma crise, até porque o time do mangue não é o Figueirense.

Para se ter ideia, o empate do Figueirense em Itajaí colocou a redação do Diário Cataruchoense em alerta, tanto é que foi publicada uma matéria sobre o Alvinegro na edição de hoje do jornal intitulada “Figueirense busca novas estratégias”, que me fez pensar que o clube que está passando por uma profunda crise é o Figueirense, e não o leão banguela.

CHAMA A CÁPSULA

Uma galinha de Angola, aquela que a Paquita Anjo Loiro Marquinhos citou em seus comentários sobre a partida de ontem na Ressaqueda (ele disse que não tem galinha morta no azulino), andou dizendo por aí que, em virtude da situação pela qual está passando o time da Coxtera no Campeonato Catarinense, é bem possível que o presidente, Doutô Zunino, irá novamente ao Chile solicitar os trabalhos do pessoal da cápsula Fênix, que já haviam resgatado este mesmo azulino do rebaixamento do Campeonato Brasileiro no ano passado.

Para quem ainda não sabe, ou faz a mínima idéia, o pessoal da cápsula Fênix foram os responsáveis de trazer à superfície os mineiros chilenos que ficaram soterrados em uma mina naquele país por quase 80 dias.

MAIS UMA CONVERSA PRA BOI DORMIR

Vocês, queridos leitores, já perceberam a quantidade de jogadores que eram pra fazer parte do elenco do time do mangue nesta temporada? Principalmente "camisas 10", já que a Paquita Anjo Loiro Marquinhos apenas rerererererere-retornou ao time da Coxtera porque estava pra ser enxotado do time do Santos.

Vejamos... Recoba e Petkovic foram dois jogadores que, segundo noticiaram por aí, estavam na porta da sala de imprensa da Ressaqueda prestes a serem anunciados, mas em virtude de problemas até então não revelados, acabaram não acertando com o leão banguela. Agora, o jogador bola da vez é o meio-campo titular do Vasco, Felipe.

Felipe, que por sinal não ganha menos do que duas centenas de milhares de reais, segundo dizem, estaria com vontade de jogar no leão banguela, pois acredita que o time do mangue tem grandes jogadores pernas de pau.

Sobre este caso tenho duas conclusões: A primeira é de que tudo não passa de mais uma mentira criada apenas para fazer com que o time da Coxtera esteja na mídia, ou então, uma forma de tentar fazer com que a crise instaurada na Ressaqueda não tenha tanto espaço nos noticiários esportivos. E a segunda é que o Felipe, experiente como ele é, jamais entraria numa barca furada que é jogar no time do mangue, principalmente porque ele não tem ideia dos jogadores pernas de paus que fazem parte do elenco de amadores do azulino.

Mentiras, mentiras e mais mentiras... Esta é a prática mais utilizada para se falar algo, mesmo que insignificante, a respeito do time do mangue. Mas, quem quiser acreditar em mais esta balela se juntem àqueles que até hoje esperam no aeroporto o dono do Chelsea e seu avião com os 20 milhões de dólares.

(Atualização 03:21- 29/01/2011): E a RBS ainda alimenta esta idéia... Todos os noticiários do Rio e de São Paulo dão como certo o retorno do jogador Felipe para o Oriente Médio caso ele não confirme sua permanência no Vasco. Porém, apenas pra contrariar o óbvio, ou talvez pra tentar acobertar a crise do time do mangue com notícias completamente incoerentes, a RBS continua com essa história que nem mesmo o mais fanático torcedor (sofredor) do time da Coxtera acreditaria.

O TIME DO MANGUE E O PONTO

Qual a diferença do final de uma frase com o time do mangue? O final da frase tem ponto, já o time da Coxtera, não!

Tem "dama da noite", "tchutcha" ou "prima" que faz ponto, já o time do mangue, não!

Jogadores pernas de pau do time do mangue estão proibidos de ouvir músicas da banda Ponto de Equilíbrio.

A Prefeitura de Florianópolis acaba de emitir uma nota em seu site com a seguinte informação: "Entorno da Ressaqueda necessita de pontos de ônibus".

Na Ressaqueda não existem pontos de alagamento, apenas goteiras.

Carros proibidos de entrar na Ressaqueda: Punto, Pointer e Pontiac.

INCOERÊNCIA

O estádio do SESI, em Blumenau, sabe-se lá por quem, ou por qual entidade, foi liberado para receber os jogos do Metropolitano neste Estadual.

Até aí tudo bem, mas o que me deixou perplexo foi o fato de que a pista de atletismo do referido estádio está passando por uma grande reforma, e com isso os materiais da obra ficam expostos a todos que estiverem dentro do estádio.

Como liberam um estádio que está passando por obras de construção de uma pista de atletismo? Como liberam, dão o sinal verde, para um estádio que, na primeira rodada do Campeonato Catarinense deste ano, foi palco de uma tremenda confusão envolvendo torcedores do Figueirense, do Metropolitano e a Polícia Militar?

Quais são os critérios utilizados para liberarem ou não um estádio de futebol em Santa Catarina?

E AÍ MINISTÉRIO PÚBLICO E CORPO DE BOMBEIROS?

Esta imagem foi tirada ontem, na Ressaqueda, no final do jogo entre o time da Coxtera e o Imbituba.

Ao que parece a imagem revela um torcedor (sofredor e revoltado) do azulino pulando as grades que separam as arquibancadas do campo provavelmente para protestar, pois ao que tudo indica ele (o sofredor) não está aguentando mais a situação pela qual o time que ele torce (sofre) está passando.

Aliás, grades estas que mais parecem grades de um poleiro. Reparem na imagem...

Acerca disso, faço o seguinte questionamento: E aí Ministério Público, Corpo Bombeiros e Tribunal de Justiça Desportiva ambos do Estado de Santa Catarina, vocês irão se calar e ficarão de braços cruzados diante desta imagem e, por conseguinte, deste relato, ou então, agirão com veemência e punirão o clube responsável por permitir este tipo de ilegalidade?

Façam justiça e punam os responsáveis. Porém, tenham a gentileza de não aplicarem, no caso, aquelas "multinhas" de advertência e mais aquelas "multinhas" de 1 mil reais para o clube infrator. Caso o contrário, nem percam os seus preciosos tempos analisando este caso.

PS: O Figueirense está investindo alto nas exigências feitas pelo MP e Corpo de Bombeiros do Estado. Já ouvi falar, ou li em algum lugar, não lembro exatamente aonde, que o investimento na implantação do sistema de vigilância eletrônica no Scarpelli chega à casa de 1 milhão de reais. E os demais clubes que têm que ter o mesmo sistema de vigilância eletrônica em seus estádios estão fazendo o mesmo que o Figueirense?

ELE É DURO NA QUEDA

O Sr. Spock é duro na queda, e dificilmente ele admitirá um dia que o time do mangue é fraco e que é pior do que o Figueirense, por exemplo.

É incrível como é absurda a resistência do colunista em querer tapar ou mascarar a situação pela qual o time da Coxtera está passando. E pior não é isso, ele tenta acobertar a crise do leão banguela colocando o Figueirense no meio, sem que o Alvinegro não tenha nada a ver com isso. Já perceberam?

Prova disso é a coluna dele no jornal Diário Cataruchoense, onde ele tentou demonstrar a todos que o time que deve se preocupar com algo é o Figueirense, do Goiano, e não o azulino, do Banazzi.

Ora, se o Goiano tem que se preocupar com o futebol que o time vem apresentando, segundo à visão do Sr. Spock, apenas dele e de mais ninguém, imaginem, então, como que o Benazzi deve ocupar seu precioso tempo pensando numa fórmula mágica para fazer com que o time do mangue saia desse buraco onde se encontra. E vai ser difícil, até porque ele tem uma tremenda bucha nas mãos. O time sub-23 é ruim, o sub-28 é

horrível, e os contratados que ainda não estrearam não empolgam nem eles mesmos.

A coisa está feia no sul da Ilha, mas o Sr. Spock crê que a coisa está feia mesmo é no Estreito. Compreende?

FICA BENAZZI

O NOVO SACO DE PANCADAS

Ontem eu disse aqui no blog que o "Saco de Pancadas" do Campeonato Catarinense deste ano era o time do Concórdia, pois em quatro jogos eles haviam levado 15 gols.

Todavia, depois da quarta rodada do Estadual ter chegado ao fim na noite de ontem, creio que o "Saco de Pancadas" de verdade do campeonato não é mais o Galo do Oeste, e sim o time da Coxtera, disparadamente. São quatro jogos e nenhum pontinho sequer conquistado. Nem mesmo o Juventus de Jaraguá do Sul, no ano passado, teve um início de campeonato tão ruim.

E que fique bem claro: Campeonato Catarinense também rebaixa, pelo menos é o que diz o regularmento, ou eu estou errado? Se bem que a Chapecoense era pra estar na 2ª divisão, porém por intermédio de uma virada de mesa, está disputando a 1ª divisão neste ano.

HOJE VAI SER ASSIM

Praticamente 80% das postagens que eu farei aqui no blog hoje dirão respeito à situação vexatória pela qual o time do mangue está passando. Portanto amigos, não estranhem se as expressões time do mangue, time da Coxtera, azulino ou leão banguela forem ditas inúmeras vezes por aqui.

Afinal, eles merecem! Não é verdade?

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

KOMEQUIÉ?

Existe um site esportivo que diz cobrir o dia-a-dia do Figueirense e do time do mangue (90% das atenções são voltadas ao time da Coxtera) que mantém um relacionamento bastante estreito com um dos patrocinadores do leão banguela, uma empresa fabricante de ar-condicionado.

Prova disso foram as inúmeras oportunidades em que o site fez promoções destinadas apenas aos torcedores (sofredores) do azulino. Não lembro se até a presente data o referido site fez uma promoçãozinha sequer destinada aos torcedores alvinegros. Alguém sabe se eles já fizeram? Se não, por que nunca foram feitas? Talvez porque nenhum patrocinador do Figueirense quis um dia patrocinar este site, não é verdade?

Aliás, será que é em virtude deste “patrocínio” que o site destina 90% de suas atenções ao time da Coxtera?

Um dia vou ter a ideia de criar um site esportivo que cobrirá o dia-a-dia da dupla. O site vai crescer e eu vou precisar de mais recursos. Consigo o patrocínio de uma empresa que, coincidentemente, patrocina, também, um dos clubes que eu faço cobertura diária. Fecho o “acordo”, que maravilha, já que era tudo o que eu precisava para manter o site. Entretanto, tenho que deixar o profissionalismo de lado, para dar mais atenção ao clube que a empresa patrocina, pois quanto mais atenção for dada a ele, mais exposta ao público estará a marca do patrocinador.

JOGOS FORA DE CASA

O Figueirense tem que superar o quanto antes um problema que há tempos o time vem enfrentando, que é atuar nas partidas fora de casa da mesma forma que atua no Scarpelli.

O que será que acontece com o Figueira, que muda radicalmente o seu futebol, apenas pelo fato de jogar fora de seus domínios?

Estranho, muito estranho... Este é um problema que o treinador Márcio Goiano tem que resolver rapidamente, até porque um time não consegue êxito nas competições que disputa apenas jogando bem dentro de casa.

TRANSMISSÃO DE ONTEM

Quem acompanhou o jogo do Figueirense contra o Marcílio Dias ontem à noite pela RBS, assim como este que vos escreve, provavelmente teve o desprazer e a ânsia de vomitar todas as vezes que o comentarista, Sr. Spock, abria sua boca para falar do jogo.

Todo mundo sabe, inclusive seus próprios companheiros de emissora, que ele está ultrapassado, pois há muito tempo já passou do prazo de validade. Muitos “colegas” chegam ao ponto de levaram consigo máscaras de proteção para o ambiente de trabalho, uma vez que não suportam mais o cheiro de formol que está impregnado nos corredores da referida emissora.

Voltando à transmissão do jogo de ontem, a falta de vontade do Sr. Spock em comentar o jogo era mais do que evidente. Fácil, fácil de se perceber. Mas o que me causou aborrecimento foi o fato de que ele, apenas ele concordava com tudo àquilo que o saudoso Célio Amorim fazia ou deixava de fazer corretamente ou não dentro de campo.

E o pior é que esse orelhudo ainda é recebido pomposamente no Scarpelli... Nem mesmo o Presidente da República, agora Presidenta, seria tão agraciado quanto o Sr. Spock. Como diria o velho ditado: “Amigos, amigos, negócios a parte”.

PERGUNTA DO DIA

Se o time da Coxtera não vencer o “poderoso” Imbituba hoje à noite, na Ressaqueda, qual será a desculpa que os jogadores pernas de pau, o treinador e os dirigentes frustrados do azulino darão à imprensa para justificar um possível resultado negativo?

PS: Os dirigentes do Imbituba que se cuidem e fiquem bastante atentos na partida de hoje à noite, até porque o histórico das arbitragens na Ressaqueda deixa qualquer integrante de um clube visitante com as orelhas em pé.

SACO DE PANCADAS

Existe um time no Campeonato Catarinense deste ano que tem a petulância e a audácia de ser pior que o time do mangue. No caso, estou falando do glorioso Concódia, o “Galo do Oeste”. Em apenas quatro jogos o glorioso time do oeste catarinense levou 15 gols. Sim pessoal, foram 15 gols, sendo que em apenas dois jogos eles levaram 12 pauladas.

No primeiro jogo o Concórdia levou 6 buchas do Criciúma, o time da cidade do carvão, e ontem acabou levando mais 6 do Joinville, o time da cidade do balé.

A curiosidade é de que o time do Concórdia é o próximo adversário do Figueirense, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Catarinense. O jogo será realizado neste sábado, no Scarpelli.

Mas o pior de tudo é que o torcedor alvinegro que ir ao Scarpelli terá desembolsar 40 pila pra acompanhar este jogão de bola. A diretoria do Figueirense deveria ser solidário aos torcedores e diminuir o preço dos ingressos, já que o adversário é ruim, bota ruim nisso. (Pegadinha do Malandro, rááááááááááá).

MÉTODO CÉLIO AMORIM DE SE APITAR

A arbitragem catarinense é uma porcaria e isso todo mundo sabe! A arbitragem catarinense é uma porcaria e isso todo mundo sabe, mas o pior é que não existe uma bendita alma que queira fazer com que esta imagem vexatória da arbitragem catarinense mude. E quem acaba sendo prejudicado? Os clubes, é claro!

Ontem a partida entre Figueirense e Marcílio Dias mostrou mais uma vez quanto os árbitros catarinenses são completamente despreparados, horrorosos, medonhos e incoerentes. Resumidamente, um bando de burros.

Com todo respeito ao quadrúpede, eles são muito burros! Isso mesmo, um bando de burros que não sabem o que fazer no comando de uma partida de futebol. São pessoas despreparadas e sem condições de apitar um jogo do Campeonato Catarinense e até mesmo jogos amadores.

A atuação do Célio Amorim na noite de ontem foi uma porcaria. A atuação dele e de seus assistentes, diga-se de passagem. E eu não quero dizer com isso que apenas o Figueirense foi prejudicado. Pelo contrário, o Marcílio também foi prejudicado em alguns lances. É bem verdade que o lance que eles reclamaram de pênalti sob o jogador de ataque deles não foi. Mas se o Figueirense estivesse vencendo o jogo, com certeza o Célio Amorim marcaria o pênalti. Alguém duvidaria disso?

Agora, o lance que chamou mais atenção foi a falta que ele (Célio Amorim) marcou no goleiro do Marcílio, alegando que o zagueiro Renato, do Figueirense, havia feito falta no goleiro. Pelo amor de Deus! Quem fez falta no goleiro foi outro jogador do próprio Marcílio. E o pior é que o Seu Roberto Alves, bem cara-de-pau, na transmissão da RBS disse que o árbitro havia acertado. Ah, vai pro inferno ele e o Célio Amorim. De preferência abraçadinhos.

Outra lambança, também, foi quase no final da partida, em que o Reinaldo tomou um cartão amarelo porque, na visão do árbitro, a camisa dele estava rasgada e ele havia se recusado a trocá-la. Rasgada? Engraçado, por que será que a gola da camisa do Reinaldo estava rasgada? E, convenhamos, a camisa não estava rasgada, longe disso. Era um problema na gola da camisa que jamais afetaria no andamento normal da partida. Mas o árbitro era o espetacular Célio Amorim! Se eu fosse o Reinaldo teria dado um tapa na cabeça daquele tanso.

Que se dane também... Não vou falar mais dessa coisa que chamam de árbitro. E o pior de tudo é que provavelmente ele apitará o clássico. E, como diria o Anão de Jardim: “Enquanto isso eu não me aposento com um bom salário”, credo!

APENAS UM EMPATE

Ontem, em Itajaí, o Figueirense apenas empatou pelo placar de 1 a 1 contra o time do Marcílio Dias. Pra mim foi frustrante, até porque eu esperava um pouco mais da equipe do Figueirense, mesmo admitindo que foi o jogo mais difícil que o Alvinegro teve na competição.

A partida em si foi complicada do início ao fim. Desde o primeiro minuto dava pra notar que a vitória só viria pra Floripa se o Figueirense fizesse um esforço além daquele que apresentou nas partidas anteriores, principalmente diante das adversidades evidenciadas durante o jogo.

O principal jogador alvinegro, Maicon, não jogou 50% do que vem jogando, até porque o treinador do Marcílio Dias foi esperto e redobrou a marcação sobre ele. Aliás, a marcação cerrada sob os atletas do Figueirense foi a característica principal do time de Itajaí.

Além disso, as substituições feitas pelo treinador Márcio Goiano não surtiram efeito, e não foram tão eficientes quanto nas partidas anteriores. O meio-campo Fernando Gabriel e o atacante Wellington tiveram atuações apagadas, e não produziram quase nada.

Com o resultado o Figueirense perdeu a liderança do Campeonato Catarinense, que agora pertence novamente à Chapecoense, que chegou aos 10 pontos na competição, após ter vencido, em casa, a equipe do Metropolitano. O Alvinegro tem 8 pontos, e ocupa agora a segunda colocação.

Sobre a atuação do árbitro falarei posteriormente tem outro tópico.

Foto: FutebolSC

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

ESPAÇO REDUZIDO

O Figueirense joga daqui a menos de duas horas contra o Marcílio Dias, e este é o espaço que o ClicRBS disponibiliza como informação do jogo de daqui a pouco.

BICHO DE SETE CABEÇAS

A imprensa, ou pelo menos uma parte dela (todos sabem de quem eu estou falando), está fazendo desse jogo do Figueirense contra o Marcílio Dias, hoje à noite, em Itajaí, um bicho de sete cabeças, pois querem porque querem que o Figueirense comprove sua condição de líder no campeonato atuando, vencendo e convencendo fora de seus domínios, já que as duas goleadas que o time aplicou no Campeonato Catarinense, contra Joinville e Brusque, respectivamente, foram em partidas realizadas em casa, no Scarpelli.

A corja leviana da imprensa esportiva da Capital ainda duvida da qualidade do time do Figueirense ou eles fazem isso de propósito? É claro que é de propósito!

Goleando ou não a equipe do Marcílio Dias, não restam dúvidas, pelo menos pra mim, que o Alvinegro é a melhor equipe do Estadual, disparadamente, e que mesmo se vencer por apenas 1 a 0 o time de Itajaí, ou até mesmo se não vencer, talvez empatar, o Figueira continuará tendo o time mais qualificado do torneio.

Vencer por 1 a 0 dá os mesmos três pontos que uma vitória por 6 a 0. Ganhar um jogo por 1 a 0 jogando mal dá os mesmos três pontos que um jogo ganho por 6 a 0 com o time vencedor jogando o fino da bola.

Sendo assim, os jogadores e a comissão técnica do Figueirense não devem se preocupar em fazer espetáculo, e sim em conquistar os três pontos, que é o que todos nós torcedores alvinegros queremos. Ainda mais porque uma vitória em Itajaí manterá o Figueira na liderança do Campeonato Catarinense.

COMEÇOU CEDO

Os torcedores (sofredores) do time da Coxtera serão agraciados novamente com a promoção “Ingresso restos de feira”, que no ano passado fez um tremendo sucesso. Superlotação do estádio e muitos torcedores voltando pra casa com os ingressos na mão, foi o resultado positivo da promoção. Isso demonstra e comprova que a diretoria do azulino realmente ama os seus torcedores (sofredores).

Desta vez a promoção veio antes do previsto, agora, já no segundo jogo do azulino em casa no Campeonato Catarinense. Os dirigentes frustados do time da Coxtera reativaram a promoção, pois acreditam que em virtude da péssima campanha do time do mangue no início deste Estadual, os próximos jogos na Ressaqueda estariam vazios, apenas com a presença dos mosquitos, muriçocas e pernilongos que habitam àquele local há muito tempo.

RERERERERERERERERE-RE-RE-RE-RETORNANDO

Ao que parece mais um jogador perna de pau rerererererere-re-re-re-re-retornará à Ressaqueda. Acreditem se quiser, não estou inventando isso!

Tudo indica que o zagueiro perna de pau, Cássio, que atuou pelo time do mangue em 2008, retornará à Ressaqueda, já que o seu irmão gêmeo, Rafael, zagueiro perna de pau titular do atual e péssimo time do azulino, está com muitas saudades dele.

Pelo visto os dirigentes frustrados do time da Coxtera querem fazer de tudo para que o azulino volte a ser notícia no cenário nacional, tendo dois irmãos gêmeos compondo a zaga de pernas de paus do time titular do azulino, já que há muito tempo só se fala em leão banguela quando o assunto é zona de rebaixamento ou últimas colocações dos campeonatos que ele disputa.

ALGUÉM SABE?

Por acaso alguém acompanhou a partida da seleção boliviana ontem no Campeonato Sulamericano Sub-20 que está sendo no Peru? Gostaria de saber se a “estrela” internacional que o presidente do Figueirense prometeu aos torcedores alvinegros começou a partida de sua seleção como titular. E, caso tenha começado, se atuou bem.

E aí pessoal, sabem de algo?

SITUAÇÕES IGUAIS, TRATAMENTOS DIFERENCIADOS

Se o Figueirense estivesse passando pela mesma situação pela qual atualmente passa o time do mangue, alguém duvida que a imprensa esportiva da Capital estaria tratando-a como uma “crise”? Na Ressaqueda não é assim. Pelas bandas do sul da Ilha, no máximo trata-se de um “planejamento mal feito”. Tudo bem...

Cumpre ressaltar que a crise pela qual o time da Coxtera está passando não ocorre apenas neste ano. Durante toda a série A do Campeonato Brasileiro do ano passado e agora, no início do Campeonato Catarinense, o dia-a-dia na Ressaqueda não é dos melhores. É uma crise que perdura há muito tempo, mas infelizmente a imprensa azul e branca da capital acoberta tudo, ou então, faz vistas grossas.

Por que eles não informam a todos que existe uma guerra de bastidores muito grande no azulino? Por que eles não informam a todos que existe um grupo de ava(ê)anos que querem de todas as formas assumir o comando do clube falido? Por que eles não publicam em seus periódicos estas informações? Por quê?

NOVO ÍDOLO?

É impressão minha ou está surgindo na Ressaqueda um novo ídolo para os torcedores (sofredores) do time do mangue?

Dizem que o alvoroço encima de Rafa Costa, o Pelezinho, está causando ciúmes e inveja na Paquita Anjo Loiro Marquinhos, que até ontem era apontado como o maior ídolo do time da Coxtera na atualidade.

ATAQUE DE ASMA

Vocês sabiam que o único gol anotado pelo time da Coxtera no Campeonato Catarinense deste ano foi feito, na verdade, por um jogador do time adversário? Ou seja, foi um gol contra feito ainda na primeira rodada do Estadual, em uma partida entre o time do mangue e a Chapecoense, na Ressaqueda.

Aliás, o gol contra do jogador da Chapecoense surgiu após uma jogada, provavelmente sem querer, do adorado e espetacular atacante, Rafa Costa, o Pelezinho.

Também, queriam o quê? Com um ataque de asma formado por Ar-duro, Rafa Costa (Pelezinho), Laércio Carreirinha, Maurício Alves (quem?), gols a favor só se forem marcados pelos adversários mesmo.

E pelo visto a tendência é piorar, até porque posteriormente farão parte do ataque de asma do leão banguela os atacantes pernas de pau Rafael Fofuxo Coelho e William (desprezado em todos os clubes por onde passou).

Anotem aí: Aloísio Chulapa, Selmir e Arílson farão mais gols que todos os jogadores pernas de pau do ataque de asma do azulino juntos!

RECEITA PARA O ADVERSÁRIO

O Sr. Spock ao invés de demonstrar aos leitores de sua coluna no jornal Diário Cataruchoense, mais precisamente os torcedores alvinegros, a receita que o time do Figueirense tem que seguir para conquistar os três pontos contra o Marcílio Dias, hoje à noite, em Itajaí, ele faz o contrário, e usou o espaço da coluna para demonstrar aos torcedores do Marcílio Dias a receita ideal para que o time de lá conquiste a vitória contra o Figueirense.

Só faltou ele dizer os pontos fracos do time do Figueirense, e apontar os caminhos mais fáceis para o time do Marcílio Dias conquistar um resultado positivo hoje à noite.

Estranho o referido colunista escrever desta forma, uma vez que é tratado a pão de ló pelos dirigentes alvinegros...

FIGUEIRENSE X MARCÍLIO DIAS 26/01/2011

O Figueirense enfrenta nesta noite, mais precisamente às 22:00, o time do Marcílio Dias no estádio Hercílio Luz, em Itajaí, buscando consolidar ainda mais a sua liderança no Campeonato Catarinense.

Ambas as equipes venceram na última rodada. O time da casa, venceu fora de casa o Joinville, o time da cidade do balé, e vai a campo enfrentar o Figueira com seus jogadores extremamente motivados. Por isso todo cuidado é pouco.

Em contrapartida, o Figueirense, que é líder, vai à Itajaí buscar mais uma vitória, e embalado após aplicar mais uma goleada neste Estadual, desta vez frente ao time do Brusque, no Scarpelli, por 5 a 2.

Jogar em Itajaí é sempre muito complicado. O Marcílio Dias é o time do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto, e todo mundo sabe disso. Além disso, coincidentemente, o árbitro escalado para comandar este jogo é o queridinho do presidente da FCF, o conturbado e confuso Célio Amorim.

Quanto ao jogo, apesar dos noticiários da imprensa esportiva dizerem que o treinador Márcio Goiano está em dúvida de qual jogador colocará no ataque para fazer dupla com Reinaldo no ataque do Figueirense, Héber ou Wellington, creio que o mesmo time será mantido, até mesmo para manter a coerência, e principalmente porque o time vem jogando o fino da bola.

Portanto, em princípio Wilson, Bruno, João Paulo, Renato, Juninho, Ygor, Túlio, Maicon, Breitner, Reinaldo e Héber, provavelmente serão os 11 titulares do Alvinegro para enfrentar o Marinheiro de Itajaí.

Se vencer o Figueirense chegará aos 10 pontos em 4 jogos na competição, e é isso que todos nós torcedores alvinegros queremos.